domingo, novembro 25, 2007

Amor Maternal



Amor que antes de o ser, já o era
Primeiro que desejado, sentido
Nasceu das profundezas do ser
Hibernou no coração de mulher
Amor maior que o universo
Sem passado nem futuro temporal

Amor que gera amor
Fruto sublime de um sentir
Desejo de um viver e morrer
União perene de dois seres
Coração e mente em sintonia
Elevação comum sem o ser

Amor com cores de arco-íris
Sensibilidade de pétala de rosa
Olfacto de perfume deleitoso
Caminho nunca antes percorrido
Vaga ondulante que recebe e dá
Entrega-se na plenitude e se espraia

Amor de alegrias e tristezas
Numa vida que não termina
O sofrimento caldeia a sede
Em turbilhões de ansiedade
Ausência não representa perca
Significa apenas saudade

Amor que dizem ser sentimento
Entrelaça quem o deseja
Aumenta o elo sagrado
Desde dois ao infinito
Qual areia do deserto
Como fogo que queima a alma

Amor que adere suavemente
Macio como algodão em rama
Leve como plumas a esvoaçar
Forte como um abraço
Daqueles que querem amar
Olhando apenas o espaço

Amor que não tem palavras
Apenas gestos, afectos e olhares
Enlevo de um ser que se absorve
Que se esquece de si próprio
Estende as mãos e diz
Anda, contigo sou feliz



É um poema singelo que dedico a todas as mulheres que tiveram a coragem de ser mães e como tal merecem a gratidão de cada um de nós. Eduardo Santos

17 comentários:

Gesundheit Institute 2 disse...

Hi Eduardo,
have a HAPPY weekend..!
Anita

Luisa disse...

Há quem diga que o amor maternal é o único verdadeiro amor. E o teu belo poema não desmente esta afirmação. Por isso o nosso espanto quando ouvimos dizer que uma Mãe matou o seu próprio filho!!! Infelizmente há tantos casos destes!
Luisa
http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt

nancy_moises disse...

Eiii meu nobre poeta e amigo ...A alegria que sinto ao receber tão lindas palavras em meu blog é de encher de alegria.
Obrigada pelo seu carinho por este ano todo.
Engraçado ne vc do outro lado bem alem mares e estamos sempre numa mesma sintonia.
Brindemos então esta nossa amizade e que perdure pro muito tempo esta troca de sentimentos que tão bem me faz.
Um gde abraço...
luaempoemas.zip.net

Isabel disse...

Vim sentar-me ao sombreiro...
E retribuir teus votos de bom Natal. Penso que já é muito bom que haja Natal... Fazer dele bom é só uma quastão de pontos de vista. E o meu é sempre prá fazer booommm meeesmooo!!!... Beijão.
www.belcrisan.blog.uol.com.br

-›¦‹-Sombras-›¦‹- disse...

Não sou mãe por isso não sou bendita, mas bendita e amada será sempre aquela que com dedicação e amor me criou: a minha mãe! Adorei este teu sensivel e delicado poema em homenagem ao amor mais belo que há: o amor maternal! Beijinhos, mil

Secreta disse...

Um poema que faz qualquer mãe sentir orgulho, com certeza.
Gostei muito e deixo o meu obrigado :)

http://eternapartedemim.blogs.sapo.pt disse...

Passei para te desejar um Santo e Feliz Natal!

Tenho estado ausente, mas não esqueci este cantinho, tão especial!

Beijinhos natalícios,

Lu Costa

Anônimo disse...

Oi Eduardo!Linda a sua homenagem!Dizem que ser mãe é padecer no paraíso,mas todas as mulheres querem ter um filho,com raras exceções.Um abraço!Boas festas!
Ane
http://sulamemacedo.blog.uol.com.br

Anônimo disse...

olá amigo,tenha aum excelente final de semana e receba meu abraço.

lena-luaegipcia disse...

Obrigada pela amizade,
dedicação e carinho
Desejo-te um FELIZ NATAL
e um ANO NOVO
cheio de AMOR e PROSPERIDADE.
Que tenhas neste ano 2008
e nos demais muita saude, paz e amor.
BOAS *** FESTAS


Beijos com muito carinho

lena-luaegipcia disse...

Obrigada pela amizade,
dedicação e carinho
Desejo-te um FELIZ NATAL
e um ANO NOVO
cheio de AMOR e PROSPERIDADE.
Que tenhas neste ano 2008
e nos demais muita saude, paz e amor.
BOAS *** FESTAS


Beijos com muito carinho

Nica disse...

Obrigado pelo seu comentário em meu blog. Este poema é muito gratificante. Felecidades. Nica.

Brisa do Mar disse...

"Fazer anos é fácil, basta Viver
Ser mulher é lindo, basta Saber
Ser esposa é bom, basta Amar
Ser Mãe é difícil, basta Sofrer..."
Nem sempre ser Mãe é fácil, mas para mim foi das melhores coisas que me aconteceram na Vida, por isso o meu Obrigado como Mãe, por tão belo poema...
Se não te importares vou levá-lo comigo para o meu Mar, não te importas? Espero que não...

AMOR
SORTE
ALEGRIA
ABUNDÂNCIA
PROSPERIDADE
É O QUE TE DESEJO NESTE NATAL...
Fica Bem!

bitu disse...

Obrigada pela amizade,
dedicação e carinho
Desejo-te um FELIZ NATAL
e um ANO NOVO
cheio de AMOR e PROSPERIDADE.
Que tenhas neste ano 2008
e nos demais muita saude, paz e amor.
BOAS *** FESTAS


Beijos com muito carinho

cõllybry disse...

Que a Harmonia,neste Natal desça sobre ti
Em forma de chuva de pétalas.

Doce beijo

Jofre Alves disse...

Boas Festas e Feliz Natal, com muita harmonia e felicidade.

Jofre Alves
http://couramagazine.blogs.sapo.pt/
http://couramagazinefoto.blogs.sapo.pt/

Smareis disse...

Oi Edu, fiquei feliz com a sua visita, Passei algumas vezes mais não consegui acessar seu blog.Teu poema é lindo e ser mãe é um presente que Deus nós entregou para mostrar que esse é um verdadeiro amor.Acredito que seja o amor mais puro e verdadeiro de uma mâe. Sou mãe e sei o que é esse amor.
Agradeço a vc pelo carinho durante esse ano de 2007 e te desejo um Feliz Natal e um abençoado Ano Novo cheio de muitas realizações pra você e toda sua familia. Me desculpa pela ausência, mais tenho estado numa correria nesse fim de ano e sem tempo pra estar navegando nos blogs, mas não poderia deixar de passar aqui pra te agradecer por essa caminhada nesse mundo virtual, e pela sua amizade. Se Deus permitir estaremos juntos em 2008 nessa esfera blogueira.Obrigada pelo carinho.Estarei ausente por alguns dias, mas se Deus quizer logo estarei de volta.
Feliz Natal!
Feliz Ano Novo!
Beijos em seu coração!