domingo, agosto 10, 2008

Tempo de ter Tempo

É tempo de dar tempo. É tempo de reeniciar o contacto com os amigos da blogosfera. É tempo de visitar aqueles que me acompanham desde há muito. É tempo de dar e receber amizades, umas que perduram , outras que ficaram pelos caminhos estreitos do tempo. É tempo de arranjar um pouco de tempo, mesmo que ele seja escasso. Sinto a falta do contacto com aqueles que sintonizam a mesma onda, por isso utilizei agora algum tempo para dar um tempo do meu tempo. Tempo que não é meu, tempo que me foi oferecido por Deus, tempo que sinto necessidade de disciplinar, pois só dessa forma o poderei aproveitar. Vou tentar disponibilizar um pouco do tempo, mesmo daquele que me faz falta, para poder estar por aqui. Afinal, cada dia tem 24 horas, o que equivale a 1.440 minutos, de facto são muitos minutos, é muito tempo. Mas este tempo multiplicado pelos anos que vivemos, quantos minutos dará? Cada um que faça as contas, eu não as fiz, mas vou passar a contabilizar. Terei que disciplinar e racionalizar o meu tempo, mas espero em Deus que tenha tempo para o fazer. Mas não estarei já a perder tempo de mais? Espero que não, aproveitem bem o tempo, é a única coisa que temos de graça para gerir, mas cuidado, não o deixem fugir. Até breve.

Um comentário:

Ane disse...

Oi Eduardo!Que bom que voltou a blogar!É verdade,o tempo é um dos nossos bens mais preciosos e temos que aproveita-lo bem,principalmente fazendo as coisas que mais gostamos.Um grande abraço!